EETAD

alt

Escola de Educação Teológica da Assembléias de Deus (EETAD), coordenada pelo Professor Francisco Sales e o Pr Milton Novais, são 36 disciplinas com a finalidade de estruturar o ministério.

 
HISTÓRIA DA IGREJA ASSEBLEIA DE DEUS
 

A Assembleia de Deus chegou ao Brasil por intermédio dos missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, que aportaram em Belém, capital do Estado do Pará, em 19 de novembro de 1910, vindos dos Estados Unidos. A princípio, frequentaram a Igreja Batista, denominação a que ambos pertenciam na Suécia.

A Assembleia de Deus no Brasil expandiu-se pelo estado do Pará, alcançou o Amazonas, propagou-se para o Nordeste, principalmente entre as camadas mais pobres da população. Chegaram ao Sudeste pelos idos de 1922, através de famílias de retirantes do Pará, que se portavam como instrumentos voluntários para estabelecer a nova denominação aonde quer que chegassem. Nesse ano, a igreja teve início no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, e ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren, de Belém, em 1924, para a então capital da República. Um fato que marcou a igreja naquele período foi a conversão de Paulo Leivas Macalão, filho de um general, através de um folheto evangelístico.

Em Portugal a história dessa denominação pentecostal é contada a partir do ano de 1913. Foram os missionários portugueses emigrados do Brasil José Plácido da Costa (1913) e José de Matos Caravela (1921) que deram início às ações que resultaram na fundação das Assembleias de Deus em Portugal.

A primeira igreja Assembleia de Deus em Portugal foi fundada na cidade de Portimão, em 1924, pelo missionário José de Matos, também responsável pela fundação das igrejas do Algarve, de Santarém e de Alcanhões. A partir desse ano, com a ajuda de missionários suecos e o esforço de obreiros portugueses, foram estabelecidas diversas outras igrejas em várias cidades, como: Porto, em 1930, com a intervenção do missionário sueco Daniel Berg; Évora, em 1932, pela ação da evangelista Isabel Guerreiro; e Lisboa, em 1934, com a ajuda do missionário Jack Hardstedt.

Da ação missionária das Assembleias de Deus em Portugal deu-se a expansão da igreja aos territórios ultramarinos, a exemplo de: Angola, Guiné, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor-Leste; os quais posteriormente tornaram-se nações independentes, mas mantiveram suas igrejas Assembleias de Deus nacionais em fraterna relação com as coirmãs portuguesas.

Em Portugal o ramo principal é a Convenção das Assembleias de Deus em Portugal, com quase 400 igrejas, a maior denominação protestante no país.

 

 ARTIGOS A SEREM REFLETIDOS

 

 

Crise nacional abre oportunidades para o evangelho de Jesus

 

por Jarbas Aragão

alt

CENTENAS DE CONVERSÕES OCORREM EM MEIO Á GUERRA NA SÍRIA

“Realmente, só Deus poderia fazer isso”. Essas são as palavras de Tom Doyle, especialista em Oriente Médio da organização missionária E3 Partners . Para ele, o evangelho está atingindo os corações do povo sírio de maneira milagrosa.

Segundo Doyle, “Há cinco tipos de polícia secreta na Síria. Eles observam cada movimento das pessoas. Os convertidos que estão saindo do islamismo [são] questionados continuamente”.

Estima-se que cerca de 20.000 sírios abandonaram o país esta semana fugindo dos conflitos. ”Por causa da guerra na Síria, acreditamos que mais de 300 mil sírios agora estão na Jordânia. Eles foram expatriados, eles não têm nada. Mas na Jordânia eles não têm o governo sírio os vigiando o tempo todo”, ressalta Doyle.

Com a ajuda de parceiros de outras missões e de cristãos jordanianos, a E3 tem conseguido reuniu com mulheres muçulmanas que estão ouvindo o evangelho. ”Elas ficaram muito agradecidas e nos contaram histórias sobre a maneira como os cristãos se aproximaram delas. Basicamente, essas são as únicas pessoas em quem podem confiar agora”

Muitos destes muçulmanos estão conhecendo a Cristo, mas não é possível saber o alcance ainda, Doyle ressalta que o impacto só será visto na próxima geração. ”Muitas crianças estão ouvindo falar de Jesus. Todos sabemos como é importante elas entenderem quem é o verdadeiro Jesus antes de chegar aos 12 anos”.

Por enquanto, a E3 está apoiando cerca de 400 famílias sírias. ”Nossos líderes acreditam que este é o momento para alcançarmos os sírios como nunca conseguiu-se antes. Quem sabe o que pode acontecer amanhã ? [Presidente] Assad, continuará ou ele vai cair? Nós não sabemos. Mas Deus abriu esta porta e sua mão está agindo aqui”.

JoAnn Doyle, esposa de Tom, tem focado em alcançar as mulheres, através do Ministério Selah. Uma equipe de cristãs preparadas irá trabalhar com as mulheres sírias nas questões psicológicas do trauma de guerra.

Os Doyle pedem que os cristãos do mundo todo orem pela Síria, um dos países onde os cristãos sempre enfrentaram perseguição severa. “O país conseguia manter o Evangelho fora daqui, por que tem um governo ditatorial, que controla a polícia secreta. Mas, agora as boas novas estão se espalhando como nunca”, ressalta Tom.

Ele acredita que quando a guerra acabar essas famílias convertidas voltarão para a Síria levando a mensagem consigo, o que pode causar uma enorme mudança na situação espiritual do país. Com informações Charisma News.

 

 

Melhor Solução Que Dar Cabeçadas
Por Robert J. Tamasy

Na semana passada abordámos as consequências de nos submetermos às exigências do nosso ego, fazendo tudo para obtermos o que desejamos. Recentemente deparei-me com uma história que demonstra as virtudes de um comportamento oposto.

A história veio de Ulrich Zwingli, conhecido como Zuínglio, líder da Reforma Protestante na Suíça no início dos anos 1500. Ele e Martinho Lutero, catalisador da Reforma, envolveram-se em grave disputa e Zuínglio não sabia o que fazer para resolver o conflito. Encontrou a solução numa manhã enquanto olhava a encosta de uma montanha. 

Ele observou duas cabras se aproximarem uma da outra num trilho estreito da encosta, uma subindo e outra descendo. Ao avistarem-se, pararam e baixaram as cabeças. Parecia que iriam desafiar-se. Entretanto, ao invés de baterem as cabeças, a cabra que subia a montanha, abaixou-se no trilho. A outra, que descia, pôde então pisar as costas da outra e ambas prosseguiram sem qualquer impedimento.

Se as cabras tivessem escolhido dar cabeçadas, uma poderia ter vencido, mas o resultado seria desastroso para ambas. Porém, quando uma se curvou diante da outra, humilhando-se, pôde avançar e atingir lugares mais altos. 

Com frequência vemos exemplos no mercado de trabalho de pessoas agarradas às suas metas e objectivos, determinadas a não permitir que nada se interponha no seu caminho! Quando encontram oposição, insistem em bater cabeças, lutando até chegar a um desfecho amargo e às vezes sangrento.

Mas examine a lição que Zuínglio aprendeu com as duas cabras: uma submeteu-se brevemente à outra, com um resultado em que ambas ganharam. Uma abordagem assim não teria espaço na solução de conflitos no ambiente de trabalho? Este princípio encontra amplo respaldo na Bíblia, como segue: 

Para subir mais alto é preciso saber abaixar-se. Estar disposto a ceder aos interesses de outra pessoa não deve ser unilateral. Ambas beneficiam quando estão dispostas a “submeter-se” ou ser “servo” do outro. Assim como o submarino vai para baixo nas águas, submeter-se ou ser servo significa colocar-se intencionalmente abaixo do outro. “Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo” (Efésios 5.21). 

Líder e liderado devem submeter-se um ao outro. O modelo no mundo dos negócios é que superiores exerçam autoridade sobre os que se reportam a eles. Porém, o melhor líder é aquele que visa o interesse de seus liderados. “Escravos (liderados), obedeçam aos vossos senhores (líderes) terrenos com respeito e temor, com sinceridade de coração, como a Cristo. Vocês, senhores (líderes), tratem os vossos escravos (liderados) da mesma forma. Não os ameacem, uma vez que vocês sabem que o Senhor deles e vosso está nos céus” (Efésios 6.5-9). 

Ser humilde para com companheiros e para com Deus. Ao invés de exigir a satisfação dos nossos desejos, relacione-se com humildade com os outros e pode alcançar o seu bom favor e ajuda. “Sejam todos humildes uns para com os outros” (1Pedro 5.5). “Deus Se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes. Portanto, submetam-se a Deus” (Tiago 4.6-7). 

Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, associação sem fins lucrativos com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de Juan & Cristina Nieto e MPJ.

 

 

Quem Disse que o Dinheiro não Compra a Felicidade?

 

por Robert J. Tamasy

 

Todas as culturas têm os seus provérbios – ditados populares passados de geração em geração e aceites como verdadeiros.  Alguns, contudo, não expressam necessariamente a verdade.  Vejamos, por exemplo, esta afirmação repetida frequentemente:  “Os paus e as pedras podem quebrar os ossos, mas os insultos nunca poderão ferir”.  De facto, os insultos – referências ásperas e insensíveis feitas a outras pessoas – podem ferir sim, e geralmente os danos causados perduram por muito mais tempo do que as dores físicas causadas por algum objecto.

Um outro adágio questionável diz o seguinte:  “O dinheiro não compra a felicidade”.  Ora vamos lá pensar!  Não fica feliz quando recebe um aumento de salário?  E quando recebe dinheiro que não estava à espera, isso não faz com que sinta uma certa dose de felicidade?  Não fica feliz quando descobre que o objecto que quer vender vale mais do que pensava?  Até mesmo a Bíblia reconhece que, “Com riqueza multiplicam-se os amigos;  ao pobre até o único amigo o abandona...  todos são amigos de quem dá presentes”  (Provérbios 19:4 a 6).  É claro que diante da escolha entre ter ou não dinheiro, todos escolheríamos tê-lo, não é?

A questão é como é que definimos “felicidade”.  Certa vez ouvi um locutor de rádio fazer uma excelente distinção entre felicidade e alegria:  “A felicidade”, disse ele, “envolve acontecimentos, factores externos que podem afectar-nos positiva ou negativamente;  a alegria é a sensação interna de bem-estar, que não depende do que acontece à nossa volta”.

Quando compramos um carro novo, sentimos uma grande felicidade – o cheiro característico a novo, a última palavra em acessórios e avanços tecnológicos e até mesmo a novidade de conduzir um veículo diferente.  Entretanto, se no estacionamento acontece uma amolgadela no pára-choques ou alguém abrir a porta distraidamente e nos der um toque, a nossa felicidade dissipa-se de repente.  Com o tempo, a novidade dum carro novo acaba e a nossa felicidade também se desvanece.  Portanto, é mesmo verdade que o dinheiro pode comprar a felicidade, mas não a pode manter para sempre!

A alegria pode permanecer mesmo no meio das perdas, sofrimento ou grande adversidade.  Envolve um sentimento de satisfação, realização e propósito únicos que não são diminuídos por circunstâncias externas.  É, portanto, mais correcto afirmar que o dinheiro pode comprar a felicidade, mas não consegue comprar a alegria.  A Bíblia destaca os seguintes pontos:

Visar o alvo correcto.  O dinheiro é útil, mas tem as suas limitações.  Ele não exerce qualquer valor ou influência quando chegarmos ao fim da vida.  Nessa altura, tudo o que importa é a realidade da nossa relação com Deus, e a repercussão da forma como usámos aquilo que tivemos à nossa disposição.  “As riquezas de nada servem no dia de juízo.  Só a justiça livra da condenação eterna"  (Provérbios 11:4 – versão “O Livro”).

Manter o foco sobre as coisas duráveis.  Um outro ditado popular afirma que “o que nos chega às mãos com facilidade, facilmente desaparece”.  Seria sábio dedicar todo o nosso tempo e energia na busca incansável de riquezas, quando elas podem facilmente perder-se ou nos serem tiradas?  “Não corras atrás das riquezas;  evita pôr nisso a tua ambição.  Pões nelas os olhos e já desapareceram;  até parece que elas têm asas e fogem voando pelo céu como as águias”  (Provérbios 23:4 e 5).

Acumular a verdadeira riqueza.  Se a busca da nossa vida for a alegria – realização, satisfação e propósito – pouco importa se temos muito ou nenhum dinheiro.  “Não se preocupem em juntar riquezas neste mundo, onde a traça e a ferrugem destroem e onde os ladrões assaltam e roubam.  Preocupem-se antes em juntar riquezas no céu, onde não há traça nem ferrugem para as destruir, nem ladrões para assaltar e roubar”  (Mateus 6:19 e 20).

Questões para Reflexão ou Discussão:

1.   Conhece o ditado, “O dinheiro não compra a felicidade”?  O que é que acha da afirmação do autor ao afirmar que sim, pode muito bem comprá-la, embora não a possa manter?

2.   Como é que o dinheiro o torna feliz?  Existe alguma maneira em que ele o faça infeliz?

3.   Comente as diferenças entre felicidade e alegria!  Concorda ou discorda dessa distinção?

4.   Como é que reage às observações da Bíblia aqui apresentadas, sobre o dinheiro e as riquezas?

 

 

 

CURIOSIDADES BÍBLICAS

 

- Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem - Juízes 1 6:1 9.


- O nome mais comprido e estranho de toda Bíblia é: Maersalalhasbaz -
filho de Isaías 8:3-4.


- O "dia da noiva" mais longo durou um ano, e contou com uma preparação tão especial que até hoje é desconhecida -
Ester 2:12.


- O primeiro maratonista, correu contra um carro veloz "pilotado" por um rei e ganhou -
I Reis 18:45-46.


- A mensagem através de "out-door" é uma citação bíblica detalhada -
Habacuque 2:2


- A questão salarial e a responsabilidade trabalhista, são uma preocupação divina a tempos
- Tiago 5:4.


- O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos, aparecem descritos exatamente como hoje -
Naum 2:4.


- A gozação, feita por 42 rapazes, chamando um profeta de Deus de careca (calvo) teve um triste fim -
II Reis 2:23.


- 700 homens canhotos atiravam pedras com uma funda e acertavam num fio de cabelo sem errar -
Juíses 20:1 6.


- O nascimento de uma menina tinha o dobro do "Resguardo" do que um menino-
Levíticos 12:2/5.


- "Quem dá aos pobres, empresta a Deus", e Ele Ihe pagará -
Provérbios 19:1 7.


- A idéia organizacional é bíblica e foi implantada por Moisés no deserto sob a orientação de um sacerdote -
Êxodo 18:13-26.


- O maior profeta nunca realizou um milagre, mas foi o pregador mais convincente -
João 10:41-42.


- Além de tudo porque passou, Jó tinha um surpreendente conhecimento de astronomia, para a sua época -
Jó 9:9 / 38:31 :33.


- Existe a citação de um outro Jó no primeiro livro da Bíblia -
Gênesis 46:1 3.


- A "Epístola da Alegria", a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão, e as expressões de alegria aparecem
21 vezes na epístola.


- Paulo pregou o sermão mais longo descrito na Bíblia - até o romper da alva -
Atos 20: 7/1 1 .


- A pregação mais veloz descrita na Bíblia foi feita correndo ao lado de um "carro", em um lugar deserto -
Atos 8:26-30.


- O nome cristão só aparece três vezes na Bíblia -
Atos 11 :26 / Atos 26:28 / I Pedro 4:1 6.


- Um dos menores versículos bíblicos é o que mais revela a "humanidade" de Jesus -
João 1 1 :35.


- Um curioso e desavisado foi forçado a carregar a cruz com Jesus -
Mateus 27:23 / Marcos 1 5:21 / Lucas 23:26.


- O "sermão do monte" foi repetido por Jesus no qu
e podia ser chamado "sermão da planície" - Mateus 5:1 / Lucas 6:1 7.


- O tio e a tia de Jesus se tornaram "crentes" na sua pregação antes de sua crucificação -
Lucas 24:1 3-1 8 / João 1 9:25.


- As melhores e "maiores" pregações de Jesus foram feitas por ele assentado -
Mateus 5:1-2 / Lucas 4:20-21 / Lucas 5:3


- O lanche de um garotinho se transformou na refeição de uma grande multidão, com uma grande sobra -
João 6:9-1 3.


- O Antigo Testamento apresenta
332 profecias literalmente cumpridas em Cristo.


- Salomão não era o único sábio, haviam mais 4 sábios -
I Reis 4:29-31.


- Davi foi ungido 3 vezes, obtendo uma gloriosa confirmação divina e humana-
I Samuel 16:1-13 / II Samuel 2:4 / I Crônicas 11 :1-3.


- Davi além de poeta, músico e cantor foi inventor de diversos instrumentos musicais -
Amós 6:5.


- Noé passou na arca com sua família e com os animais 382 dias-
Gênesis 7:9-11 / 8:1 3-19


- O maior reino descrito na Bíblia, tinha 127 províncias e se estendia da Índia até a Etiópia, e era comandado pelo rei Assuero -
Ester 1 :1 .


- O movimento ecológico, começou por um alerta de Deus -
Êxodo 23:28-29.


- Moisés fez o povo beber ouro, do bezerro da desobediência -
Êxodo 32:19-20.


- As tábuas da lei feitas por Deus foram quebradas por Moisés e, depois feitas por Moisés e reescritas por Deus -
Êxodo 34:11 .


- A arca de Noé media 134 m de comprimento, 23 m de largura e 14 de altura; sua área total nos três pisos era de 9.250 m2 e um volume total de 43.150 m3 aproximadamente; o que a torna próxima das embarcações atuais -
Gênesis 6:15-16.


- A primeira citação da redondeza da terra, confirmava a idéia de Galileu de um planeta esférico, bastava os descobridores conhecerem a Bíblia -
Isaías 40:22.


- A frase: "Não temais" aparece na Bíblia
366 vezes. Uma para cada dia do ano e uma sobra para o ano bissexto.


- Uma das coisas que diferenciam a Bíblia de outros livros é a sua unidade. Foi escrita num período
1 .500 anos por mais de 40 autores, tendo uma completa harmonia.


- O Dilúvio não foi apenas uma grande chuva; foi a primeira chuva que veio sobre a terra -
Gênesis 2:6 / 7:4.


- A primeira criação de Deus foi o "tempo"- "...no princípio". Para que a criação acontecesse era necessário o tempo - Gênesis 1 :1.


- A terra só passou a produzir espinhos depois da desobediência de Adão - Gênesis 3:1 7-1 8.


- Deus foi comparado a uma águia e a uma galinha - Deuteronômio 32:11 / Mateus 23:37.

Topo