PRESERVANDO OS BENS CONQUISTADOS (I Tm 6:20)

A exortação de Paulo a Timóteo era que o mesmo deveria ser o zeloso guardador do bem adquirido. O apóstolo Paulo estava-se referindo á sã doutrina do Evangelho que foi a maior vitória adquiridas em toda a sua vida.

Os escravos israelitas que estavam no Egipto alcançavam uma grande vitória sobre  Faraó na travessia do Mar Vermelho, porém, não tiveram cuidado de guardar as ordens do Senhor nosso Deus ,por isso, se perderam no deserto escapando apenas Josué e Calebe.

 A Bíblia diz que devemos guardar o que temos para que ninguém tome a nossa coroa, (Ap 3:11). Não basta apena ser conquistador, mas também devemos preservar o que conquistamos. Existem algumas pessoas que sofrem pela falta de bens que entretanto se perderam por falta de cuidado.

O bem conquistado é mais valorizado do que o bem herdado.

 Esaú foi o herdeiro e não conquistador, por isso, não reconheceu o seu valor, transformando-o em profano.

Roboão era herdeiro do trono de seu pai Salomão, não reconhecendo o valor da herança, perdeu dez das doze tribos de Israel.

O filho pródigo não foi um conquistador, mas sim herdeiro, não sabendo a importância dos bens, gastou toda a sua parte.

Seja cauteloso guardando com segurança não somente os bens materiais, mas principalmente os espirituais:

  • a fé,
  • a esperança,
  • a Palavra de Deus e acima de tudo,
  • a vida eterna (salvação).

                                                           

                                                                Pastor Milton Novais dos Santos

Topo